sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Desculpas ao vento

Lembro de tudo que você me falou e com aquele sorriso falso estampado em sua boca, contando suas mentiras e eu caindo feito uma patinha.
Tudo começa quando você põe aquela camisa nova que você nunca usa, só em eventos muitos importantes, e pelo que eu me lembrava não havia nenhum naquele data. Quando eu perguntei, você ficou um tempo calado e depois respondeu que era aniversário do seu chefe e eu meio desconfiada, acreditei. Naquele mesmo dia, você tinha voltado 2:00 horas da manhã e inventou mais outra desculpa qualquer e mais uma vez, eu acreditei!
Depois daquele dia você ficou muito diferente, agindo de forma estranha, não me tocava e saía sempre cedo pro trabalho.
Foi quando eu me dei por conta que você não era o mesmo que eu havia conhecido a 10 anos atrás.
Naquele sábado que você disse que iria pra um churrasco com os amigos, resolvi seguir você e me deu por conta que estava na hora de eu saber toda a verdade! Eu não apenas vi vocês juntos como também ela estava usando meu vestido!! Que audácia sua! Você foi covarde e cruel comigo, como pôde? Sai calada fingindo que não sabia de nada.
Daquele dia em diante, saí de casa sem avisar a ninguém e decidi tomar férias daquela farsa que eu estava vivendo.
Depois de 3 longos dias chorando, resolvi que estava na hora de eu tomar controle da situação.
Fui fazer um belo de um cruzeiro SOZINHA durante looongos dias. Conheci novas pessoas e achava que estava na hora da minha vida voltar como era antes.
Pus meu espartilho e meu salto vermelho e fui me divertir! Fui para casa noturna de lá e fiz tudo aquilo que podia e até o que não podia. O melhor dia da vinha vida!
Voltei pra casa depois de mês, por que enfim precisava pegar minhas coisas não é? E fui morar com meu novo marido.
E Charles? Até hoje liga pra mim perguntando onde está seu carro, televisão, sofá, computador...


Agora sei que ta no comando da situação. ;*

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...